East of Byzantium– filme e graphic novel.

Deixe um comentário

julho 17, 2011 por João Vicente

Ainda que a Idade Média dê muito pano para manga para muitos filmes, poucas são as obras cujo tema seja Bizâncio.

Colegas historiadores têm muitos problemas com filme, falando acertadamente que eles distorcem a História e acabam criando preconceitos nas cabeças das pessoas que são difíceis de tirar.

Eu tenho a seguinte posição: cinema é ficção, portanto seus roteiristas, produtores e diretores nunca têm como objetivo construir enredos “historicamente corretos”. O objetivo de um filme é contar estórias, não necessariamente e quase sempre não verdadeiras.

Se isso influencia a cabeça do público e faz com que eles achem que aquelas coisas que eles assistiram é verdade é por que nós, historiadores e professor de História, não estamos fazendo nosso trabalho direito.

Portanto, além de divertirem, filmes podem ter um papel interessante no ensino da História como um ponto de partida referencial para discussões em sala-de-aula.

Sendo assim, a entrada de hoje será sobre um projeto de filme que ainda está em desenvolvimento chamado “East of Byzantium”.

Por questões contratuais, pouca informação foi divulgada sobre esse projeto.

O que se sabe esse projeto de Roger Kupelian será composto por filmes e graphic-novels.

A história será dividida em duas: a primeira contará a conversão da Armênia ao Cristianismo em 301 d.C e a segunda, cujo filme já está sendo produzido, contará a história do levante armênio contra os Sassânidas quando os últimos tentaram converter os armênios, então já profundamente cristianizado, ao zoroastrismo.

Esse levante resultou na Batalha de Avarair (451 d.C) quando 50.000 armênios sob a liderança de Vartan Mamikonian derrotou uma força três vezes maior de sassânidas.

Passando para a História, desde tempos romanos e bizantinos, a Armênia foi um estado-tampão entre o Império e os Partos, depois os Sassânidas e depois o Califado. Então, uma parte importante das guerras entre Bizâncio e seus vizinhos orientais, sejam eles Sassânidas ou Muçulmanos, era para ter a soberania desse país, indicando governantes que fossem seus aliados.

No século V, a disputa de poder estava entre as dinastias apoiadas pelos sassânidas e aquelas apoiadas por Bizâncio, grupo o qual os mamikonians faziam parte.

Como a Armênia já era então profundamente cristianizada, fato que desequilibrava a balança do poder a favor dos bizantinos, os sassânidas fizeram seus aliados armênios a forçar uma conversão geral ao zoroastrismo, resultando no levante que filme irá tratar.

Ainda que os bizantinos aparecerão no filme como inimigos dos armênios, os mamikonians eram seus aliados, tanto que muitos membros dessa casa receberam títulos da corte e passaram a fazer parte da aristocracia bizantina.

Muitos imperadores bizantinos declararam-se descendentes dos mamikonians.

Por enquanto, isso é quase tudo que se sabe do projeto. Vou atualizando conforme mais informações forem soltas.

Por João Vicente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Junte-se a 97 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: